Sabe quando você fica obcecada com alguma coisa?! Eu posso dizer que foi assim que fiquei no ano passado, quando soube que a Sophia Amoruso — autora do livro #GIRLBOSS — realizaria o evento Girlboss Rally.

A proposta do Girlboss Rally era a seguinte: 40 e poucas empresárias e influenciadoras selecionadas a dedo compartilhando suas dicas e histórias para 500 mulheres na plateia. Incrível, não?!

Portanto, lá fui eu, no dia 4 de março acompanhar esse tal evento de perto.

O Girlboss Rally foi muito mais do que apenas um monte de palestras legais. Eu já fui em muitos eventos de empreendedorismo, mas eu nunca senti uma energia tão incrível quanto lá. Quando 500 mulheres se reúnem com um objetivo comum — com sororidade e leveza — a gente só pode esperar algo muito belo, né?! 🙂

2

Sophia Amoruso abriu a programação falando que esperava que o Rally fosse um espaço para que as mulheres se inspirassem e se ajudassem. Citou Theodore Roosevelt, na sua famosa frase que lembra que “a comparação é o ladrão da felicidade”. Disse que todas as mulheres que estavam ali, independente de seus backgrounds, tinham potencial para criar iniciativas incríveis.

3

Para dar continuidade à abertura oficial do evento, Gabby Bernstein — autora best-seller do New York Times, palestrante motivacional e coach — assumiu o palco. Durante a sua fala, lembrou que o “sucesso” depende de como estamos por dentro, e compartilhou uma série de dicas para que sejamos mais serenas e consigamos atingir nossos objetivos (clique aqui para ler as dicas que ela compartilhou durante o evento, elas são incríveis e fáceis de serem postas em prática).

Depois disso, todas as participantes foram divididas em três salas, com programações diferentes.

A ideia é compartilhar futuramente os detalhes das palestras mais legais aqui na Make Mag, para que as nossas makers brasileiras tenham acesso a esse conteúdo. Se você fala em inglês e quer assistir a todas essas apresentações, pode comprá-las clicando aqui, por apenas $65.

O que mais curti no Girlboss Rally

O evento como um todo foi incrível, mas se eu tivesse que escolher o que mais gostei, seria: a ambientação e o cuidado com os detalhes, a proximidade das palestrantes com o público, a energia das participantes (além — é claro — do conteúdo, que será tema para vários outros posts aqui na Make).

Ambientação e cuidado com os detalhes

A minha expectativa em relação à ambientação do evento era bem alta. Eu tinha certeza que a equipe do Girlboss Rally ofereceria uma decoração digna de muitas fotos para o Instagram, mas confesso que consegui ser surpreendida (positivamente!).

Cada ambiente tinha algum detalhe que merecia fotos: frases na parede, neons, flores, livros, quadros…

5

Além disso, elas também prestaram muita atenção em alguns detalhes que poderiam passar despercebidos. A credencial de acesso não era apenas uma credencial, mas sim um souvenir, de tão lindinha. Os guardanapos tinham a logo do evento, a água vinha numa embalagem legal, etc. Essas coisas “bobinhas” que fazem uma diferença e tanto para quem tem um olhar mais atento.

Proximidade das palestrantes com o público

Quem foi no evento por ser “fã” de alguma das palestrantes teve a oportunidade de conversar com ela nos corredores, tirar foto, pegar livro autografado, trocar cartão e até pedir dicas! Todas as mulheres que estavam no palco foram muito abertas e seguiram fielmente a ideia do evento: mulheres ajudando outras mulheres.

Energia das participantes

Eu fui sozinha no Girlboss Rally, e por isso achei que ficaria um pouco deslocada durante a programação (ter que ficar sem companhia na hora do almoço, no momento dos coqueteis, etc). O que aconteceu foi completamente o contrário: as mulheres estavam muito abertas para conversar e trocar dicas, e o clima era de amizade e companheirismo. Para ter ideia, almocei com mulheres do Congo, recebi dicas de meninas do Panamá, troquei ideia com gente do México, EUA, Canadá…

1

Conteúdo do Girlboss Rally

O conteúdo foi incrível, mas é assunto para outros posts. Uma coisa que posso destacar aqui é que apenas a Gabby Bernstein fez uma palestra (apenas ela falando no palco). Todas as outras mulheres contaram com mediadoras, que faziam perguntas pra lá de inteligentes. Esse formato fez com que a programação não ficasse maçante. Fica aí a dica pra quem organiza eventos!
De resto, só posso agradecer a oportunidade de acompanhar de perto o Girlboss Rally. Ele serviu de inspiração para muitas ações que pretendo fazer com a Make Mag. Fique de olho, tenho certeza de você vai curtir as nossas próximas iniciativas 😉

Comentários

Comentários