A Laís Graf, nossa editora aqui na Make Mag, está com um desafio pessoal para este ano: ler 1 livro por semana, totalizando 52 títulos até o final de dezembro (é muito livro!).

Esse desafio deu a ela a possibilidade de conhecer muitos livros bacanas, principalmente para as mulheres makers (óbvio, no meio do caminho também teve muito livro ruim. Mas esses vamos deixar de lado, ok?!).

Ela separou 5 leituras marcantes e que são perfeitas aqui para o nosso site. Olha só:

O Ano em que Disse Sim, de Shonda Rhimes

shonda_rhimes
Nossa musa mor, Shonda Rhimes, é a autora desse livro incrível. Ele é um relato do ano em que Shonda decidiu dizer “sim” para as propostas que recebia. Tudo começou numa ceia de Ação de Graças quando a sua irmã comentou que ela sempre respondia negativamente aos convites que recebia. Determinada a mudar essa situação, Shonda começou a aceitar propostas e, com isso, ver a sua vida mudar para a melhor.

Toda essa mudança é compartilhada no livro “O ano em que disse sim”, com uma escrita impecável que te faz querer terminar a leitura numa sentada. Pra lá de recomendado pela redação Make Mag! =D

Compre o livro aqui.

“Se você quer que merdas parem de acontecer com você, então pare de aceitar merda e comece a exigir coisa melhor”, Shonda Rhimes

Melhor do que antes, de Gretchen Rubin

gretchen-rubin
Como mudar e tornar-se uma pessoa melhor? De acordo com a autora Gretchen Rubin, por meio de bons hábitos. Criar uma rotina é difícil, porém, ela tem o poder de fornecer uma vida mais feliz, produtiva e plena.

É justamente sobre isso que ela fala no livro “Melhor do que antes”. Leitura obrigatória para quem deseja se tornar uma pessoa melhor!

Compre o livro aqui.

“Eu só devo persistir os hábitos que fazem com que eu me sinta livre e mais forte”, Gretchen Rubin

Feminist Fight Club, de Jessica Bennett

jessica-bennett
O recém-lançado livro de Jessica Bennett é o guia ideal para as mulheres que querem se sentir mais preparadas nos ambientes de trabalho dominados pelos homens.

No material, ela traz dicas para as makers que precisam lidar com situações complicadas como interrupções no meio de reuniões, homens que ficam explicando determinados assuntos como se fossem os experts no tópico e também as autossabotagens que praticamos sem querer.

Compre o livro aqui.

“Sisterhood is powerful”, Jessica Bennett

A Grande Magia, de Elizabeth Gilbert

elizabeth-gilbert
Elizabeth Gilbert é um exemplo de maker. Nesse livro, ela traz uma teoria muito interessante sobre como nós temos ideias e apresenta dicas para quem pretende aproveitar esses insights que, aparentemente, surgem do nada.

Esse livro é ideal para as makers que têm trabalhos criativos. =D

Compre o livro aqui.

“Você é livre, pois todo mundo está ocupado demais consigo mesmo para se preocupar com você”, Elizabeth Gilbert

You are a Badass, de Jen Sincero

jen-sincero

Para finalizar a nossa lista, não podemos deixar de citar o nosso livro favorito DO ANO! “You are a Badass” é o livro de autoajuda (falar que ele se encaixa nessa categoria parece ruim. Mas, acredite, ele é sensacional de bom!) que nós mais amamos.

A autora, Jen Sincero, escreve com humor e traz uma série de dicas para quem deseja se sentir empoderada e poderosa.

SÉRIO: se tivéssemos que escolher um único livro para você ler em 2016, esse seria o nosso palpite 😉

Compre o livro aqui.

“Se você realmente quer mudar a sua realidade, vai encontrar um jeito. Se não quiser, vai encontrar uma desculpa”, Jen Sincero

Comentários

Comentários