Ah, a literatura. Tem algo mais incrível do que se encantar com romances ou se inspirar com a biografia de uma figura poderosa?

Você já deve ter notado que, aqui na Make Mag, adoramos histórias com personagens fortes, que têm muito a ensinar. Então, para você ficar com vontade de ler bastante e realizar coisas incríveis, dá uma olhada nessa lista com 7 personagens poderosas da ficção:

Jane Eyre

Jane Eyre

Fonte: Obvious Mag

Jane é uma menina órfã, que protagoniza o romance inglês escrito por Charlotte Brontë. Do início ao fim da sua história, ela desafia todas as imposições feitas às mulheres, seja como uma criança rebelde ou jovem governanta com uma postura crítica e humor sagaz. A personagem está nessa lista porque, ao enfrentar as privações, violência e imposições da sociedade em seu século, ela se torna uma representante importantíssima da luta pelo empoderamento feminino, pelo fim da repressão e pelos desejos intelectuais, artísticos e pessoais das mulheres.

“Não me dirijo ao senhor agora através de normas e convenções, nem mesmo através de carne mortal. É meu espírito que se dirige ao seu […] como iguais… que é o que somos!”

Hermione Granger

hermione2

Fonte: Pinterest

O nome da personagem é famoso em todo o planeta, graças à saga da qual faz parte. Mas Hermione não se destaca entre os outros dois protagonistas (Rony e Harry) apenas por ser uma menina ou por sua inteligência impressionante: a bruxinha, ao longo das narrativas, se mostra corajosa, determinada e pronta para lutar por seus ideais – seja combatendo o Lorde das Trevas ou buscando igualdade para os elfos domésticos (aliás, como não amar uma personagem que cria todo um movimento em prol das classes oprimidas?). Em determinados momentos, vale até considerá-la como a heroína da série. Tudo isso sem contar que, no cinema, a personagem foi interpretada por Emma Watson, uma das atrizes que mais incentiva o #GirlPower atualmente.

“…vocês têm direito a salário, férias e roupas decentes, não têm que fazer tudo o que mandam.”

Lisbeth Salander

lisbeth

Fonte: Economist

A personagem da Trilogia Millennium vive de acordo com suas próprias regras e defende bravamente aquilo que acredita (e aquilo que ela deseja ser). Mesmo sendo misteriosa e assumindo o papel de justiceira em alguns momentos da saga, Lisbeth é uma hacker sem igual, discute muito bem a sexualidade e pode ser considerada, também, um excelente exemplo de autoconhecimento e luta contra a violência de gênero.

“Ela seguia seus próprios caminhos – disse. – Não era uma pessoa fácil de lidar. Mas eu a contratei porque era a melhor investigadora que já conheci.”

Capitu

capitu

Fonte: Serie Pix

A personagem de Dom Casmurro, Capitu, é a responsável por toda as ações e dramas dessa obra clássica. Deixando de lado as discussões que envolvem seu relacionamento com o protagonista, Bentinho, precisamos concordar que a moça é uma personagem poderosa, decidida e completamente segura de si. Construída fora dos padrões femininos que a sociedade exigia na época, Capitu sabe usar a sensualidade e inteligência para conseguir o que quer e não aceita que lhe digam o que deve fazer ou que limitem suas vontades. Para entender melhor como a personagem de Machado de Assis estava além do seu século, vale ler esse artigo aqui.

“Capitu era também mais curiosa. As curiosidades de Capitu dão para um capítulo. Eram de várias espécies, explicáveis e inexplicáveis, assim úteis como inúteis, umas graves, outras frívolas; gostava de saber tudo”.

Miss Marple

marple

Fonte: The Telegraph

Jane Marple, ou Miss Marple, é uma personagem dos romances e contos de Agatha Christie. Inteligentíssima, essa doce senhora e detetive soluciona os casos com base no seu conhecimento sobre a natureza humana, é curiosa, independente e consegue superar muitas características conservadoras que, às vezes, surgem nas obras da escritora britânica. Além disso, a própria Agatha é um grande exemplo de mulher poderosa: forte, inteligente, observadora e capaz de criar personagens que exploram muito bem o conhecimento e que não se deixam intimidar.

Scout Finch

Scout Finch

Fonte: Hello Giggles

Scout, apelido de Jean Louise Finch, é a narradora de O Sol é Para Todos (em inglês, To Kill a Mockingbird), obra de Harper Lee, vencedora do Prêmio Pulitzer. As lembranças da menina, que exploram com sensibilidade temas como racismo e desigualdade social, mostram como a personagem é perspicaz, observadora, questionadora e não se deixa intimidar pelos meninos que convivem com ela.

“A Scout ali lê desde que nasceu e ainda nem sequer vai na escola.”

Daenerys Targaryen

Daenerys Targaryen

Fonte: The Wrap

Daenerys é uma das personagens principais da famosa saga Crônicas de Gelo e Fogo, escrita por George R.R. Martin e adaptada para a TV pelo canal HBO. Mesmo vivendo em um mundo de fantasia predominantemente masculino (devido às características da época), as mulheres que aparecem na história são fortes e inteligentes – e a Khaleesi é um dos maiores exemplos. Ela começa como uma jovem indefesa, vendida como mercadoria por seu irmão, mas ganha força (e dragões!), assume a liderança entre diversos povos e se desenvolve muito ao longo da narrativa, passando a ter um papel fundamental na guerra pelo poder – e sem deixar ninguém diminuí-la ou ofendê-la por ser uma mulher.

“Mulher? Isso deveria me insultar?”

Quais são as suas personagens favoritas da literatura? Conhece outras mulheres poderosas que surgiram nas páginas? Conte para a gente!

Comentários

Comentários