Há alguns meses, uma amiga veio me contar que um lugar incrível estava saindo do papel em Curitiba. Ele seria um misto de lojas fixas e temporárias, com café, um pequeno espaço de coworking e muita gente legal. Tudo isso aconteceria dentro de um grande espaço de vão livre, pertinho da minha casa. “Vai ser lindo, as criadoras têm muito bom gosto”, disse ela.

Cláudia e Pati, as criadoras da Coletiza

Cláudia e Pati, as criadoras da Coletiza

As responsáveis pelo projeto em questão eram a Pati Backes, da Outfit4You, e a Cláudia Guimarães, da Oslo Design. O nome do tal espaço que seria incrível? Coletiza!

A Coletiza é uma community store. A ideia do projeto começou a ganhar forma depois que a Pati leu o livro “Moda com Propósito”, do André Carvalhal, que apresenta como a indústria fashion deve ser repensada. Com vontade de criar algo diferente do tradicional, ela conversou com a Cláudia, para que juntas criassem um espaço para as suas marcas, que fosse democrático e aberto para outros novos criadores do Brasil.

O resultado é que, além das lojas da dupla, a Coletiza também conta com um Espaço Nômade, que recebe de tempos em tempos novas marcas que querem expor para o público curitibano. No momento, estão lá as marcas Borealis (loja de plantas da super maker Pati Belz), Livraria do Chain, Julieta For Fun (que produz uma série de legalzices para crianças) e Wall Done (com objetos divertidos para a casa).

coletiza4

Para manter esse clima de espaço coletivo, a Coletiza também conta com exposições de arte e com o Jardins Café (que abrirá em poucos dias), excelente para quem quer fazer reuniões ou trabalhar de um ambiente diferente. No momento, o artista que está expondo no local é o Erwin Zaidowicz.

coletiza6

Bate-papo na Coletiza

A Coletiza também tem um espaço de coworking, que no momento abriga o time da community store e alguns parceiros. Além disso, também vai receber frequentemente eventos culturais abertos ao público, como aulas de yoga, clube da leitura, bate-papos, etc.

outfit4you

Eu, particularmente, fico muito feliz de ver espaços como esse surgindo na cidade. É uma maneira de deixar a experiência de fazer compras muito mais positiva, consciente e fora do roteiro dos shopping centers (que ainda são tão tradicionais aqui em Curitiba, né?!). Fico ainda mais animada de ver que a Coletiza foi criada por duas mulheres makers, que querem impulsionar não apenas os seus negócios, mas a comunidade como um todo.

Quer ver a Coletiza de perto? Então chega mais na R. Saldanha Marinho, 1230. Tenho certeza de que você vai adorar 😉

Comentários

Comentários