Se você é freelancer, provavelmente tudo o que mais quer é arranjar clientes (cliente = dindin, e todo mundo gosta de dinheiro, né?!). Isso é ótimo e nós te encorajamos fortemente a buscar empresas que estejam dispostas a contratar os seus serviços.

Porém, um erro muito cometido por quem está freelando — principalmente no começo — é atender qualquer tipo de cliente que aparece pela frente. O resultado disso é pegar alguns jobs que nem são a sua especialidade, que são chatos, que te tiram do sério e que não servem para te posicionar como profissional (moral: são simplesmente empresas que te pagam por um trabalho).

Essa atitude pode até funcionar por um tempo. Porém, se o seu objetivo é ser prestadora de serviços pelos próximos anos, o ideal é que você encontre um nicho como freelancer.

O que é freelancer de nicho?

Ser uma freelancer de nicho significa que você é especialista em alguma área bem definida. Vamos pegar a fotografia como exemplo. Como fotógrafa, você pode registrar casamentos, baladas, aniversários, eventos corporativos, fazer books, etc. Isso é uma abordagem de trabalho mais generalista (vale lembrar que ela não é errada, porém o nicho te posiciona melhor como profissional. Leia o texto até o fim para entender).

Em vez de fotografar todas essas ocasiões, você pode decidir que só vai fazer casamentos. Essa simples escolha já elimina uma série de outras propostas que poderiam surgir no meio do caminho.

Um nicho, vai ainda mais além. Como fotógrafa de casamentos, você pode se posicionar como uma profissional que só faz registros de destination weddings (aqueles casamentos em que brasileiros oficializam os seus votos fora do país, em lugares paradisíacos).

No final das contas, na hora de se apresentar, você vai falar: “Oi, eu sou a Fulana e eu trabalho como fotógrafa de destination weddings”.

Está vendo como escolher um nicho te posiciona como uma profissional diferente?!

Quais são os benefícios de trabalhar com um nicho?

Trabalhar com um nicho é excelente para os freelancers. Isso porque ao ter um foco de trabalho bem definido, você torna-se a opção mais desejada quando alguém está enfrentando um “problema” que você soluciona.

descubra seu nicho como freelancer.Sim, uma noiva pode contratar uma fotógrafa que também faz fotos de aniversário. Porém, se ela pretende fazer um casamento fora do país, provavelmente vai desejar ter você como profissional. Se você se posiciona com um nicho, automaticamente passa um ar de especialista. Nesse caso da noiva, ela vai sentir mais segurança de te levar como fotógrafa na viagem em que vai fazer os seus votos.

Ao ser uma freela com nicho, você consequentemente vai pegar trabalhos semelhantes (solucionar “problemas” parecidos). Isso vai te trazendo experiência. No final das contas, isso te garante um conhecimento maior nessa área do que as outras pessoas. Isso obviamente não vem de graça. Você deve estudar, fazer cursos e sempre se especializar nesse nicho.

Além disso, fica muito mais fácil para se posicionar como profissional. Quando perguntarem o que você faz não vai rolar aquele constrangimento de fazer de tudo um pouco. A sua resposta vai ser:

  • Sou uma jornalista que produz textos para blogs com foco em SEO.
  • Sou uma produtora de shows de música eletrônica.
  • Sou uma marketeira que trabalha fazendo anúncios no Google Ads.

A consequência disso tudo é que você pode cobrar mais caro do que os outros profissionais. Você é especialista e tem um conhecimento muito único em determinada área. Portanto, está mais apta a assumir esse trabalho (e pode precificar levando isso em consideração).

Resumindo: o benefício de adotar um nicho sendo frila é se posicionar como especialista numa área, o que te garante reconhecimento no segmento, te facilita na hora de se comunicar e te permite cobrar mais caro pelo serviço.

Mas afinal de contas, como descubro o meu nicho de freelancer?

Um nicho é basicamente a união de três aspectos:

O que você gosta + o que você sabe fazer + o que o mercado precisa e está disposto a pagar = NICHO.

Nicho de mercadoCERTOPara chegar no seu nicho é importante parar por alguns instantes e se questionar a respeito desses pilares. Se o seu objetivo é descobrir o seu nicho e começar a se posicionar como especialista, aqui vai uma dica: nós criamos um PDF gratuito com uma série de perguntas que vão te ajudar a chegar nele.

nicho freelancer

Como faço para posicionar o meu nicho e divulgar o meu trabalho como freela?

A partir do momento que você já sabe em que nicho deseja atuar, é importante criar um posicionamento pessoal. Ao se deparar com um “problema”, o público precisa lembrar de você imediatamente como solucionadora dele.

Para isso, comunique-se! A partir do momento que você tiver o seu nicho como freelancer definido, coloque a sua área de trabalho no LinkedIn, compartilhe assuntos relacionados ao tema nas suas redes sociais, escreva artigos sobre o assunto no seu Medium, etc.

Conforme o seu portfólio nessa área de interesse for crescendo, compartilhe os trabalhos no seu site também.

Vale lembrar que para se tornar especialista numa área você precisa, antes de tudo, se assumir como especialista. Depois disso, é só aperfeiçoar as suas habilidades.

Bora descobrir qual é o seu nicho de atuação como freela? Então baixe o PDF gratuitamente clicando aqui.

Comentários

Comentários