Se você está de olho no Instagram da Make Mag já deve ter visto que a nossa editora, Laís Graf, está passando uma temporada em São Francisco, na Califórnia. Para entrar nesse clima de empreendedorismo americano, decidimos selecionar algumas empreendedoras de São Francisco que amamos. Esperamos que elas sirvam de inspiração para você também tirar as suas ideias do papel. A empreendedora escolhida para hoje é a Brit Morin, criadora da Brit and Co.

Se você é fã do movimento do it yourself (DIY), gosta de criar vários painéis inspiracionais no Pinterest, ama planejar festas e receber as pessoas em casa, certamente vai ficar louca com a trajetória da Brit Morin.

brit morin

A história da Brit Morin

Nascida em San Antonio, no Texas, Brit Morin sempre foi ativa e correu atrás do seu próprio dinheiro. Quando ainda estava no colégio, trabalhava no clube da sua cidade, dando aulas de tênis para a criançada. Assim que ficou mais velha e pronta para escolher sua futura profissão, fez Comunicação na Universidade do Texas em Austin.

Depois de se formar, Brit decidiu ir para o Vale do Silício, na Califórnia, para trabalhar na área tecnológica. Seu primeiro emprego foi no departamento do iTunes, na Apple, como estagiária (o esquema de trabalho nos EUA é diferente do Brasil, então ela era estagiária mesmo já tendo finalizado a faculdade). Seu segundo emprego no Vale foi no Google, sendo responsável por diversas áreas, como Google Maps, Google TV, etc. Durante esse período ela ficou obcecada pelas transformações pelas quais a mídia estava passando. Nessa época o Youtube estava ganhando cada vez mais espaço e ela se ligou que aí poderia existir uma oportunidade de negócio (mas ela ainda não sabia exatamente o que era).

Os seis meses sabáticos

Após quatro anos trabalhando no Google, Brittany Morin percebeu que não estava realmente feliz. Portanto, decidiu pegar as economias que tinha juntado nesse período e tirar seis meses de férias. Nessa época, ela começou a ver as suas amigas usando o Pinterest, criando painéis incríveis com comidas apetitosas, casas bem decoradas, roupas legais, etc. Ao perguntar para elas se elas estavam colocando a mão na massa para desenvolver aqueles projetos, suas amigas davam risada e falavam que não era criativas para isso.

Pois bem… esses seis meses seguintes foram decisivos para a Brit Morin se tornar o que é hoje. Todo mundo sonha com a possibilidade de ficar “livre” por seis meses, mas só quem realmente já passou por um período sem trabalho (mesmo com dinheiro na conta bancária) sabe como é difícil ter tempo ocioso.

Nos primeiros meses a Brit Morin relaxou e curtiu as férias, mas no final das contas passou por um período muito depressivo. Brit se achava inútil ao ver todos os seus conhecidos sempre ocupados enquanto ela ficava de pijama em casa, sem ter nada significativo para fazer.

brit morin4

Sai pra lá, deprê

Para dar um basta nessa deprê, Brit Morin chegou à conclusão de que precisava ocupar o seu tempo. Ela, então, descobriu a Tech Shop, um espaço em São Francisco que disponibiliza impressoras 3D, softwares, cursos e toda a estrutura necessária para que seus membros tirem as suas ideias tecnológicas do papel.

Ela se internou nessa tal Tech Shop, sendo a primeira a chegar no local e a última a sair. Num dia, voltava pra casa com um vaso feito com impressora 3D. No outro, com um mural artístico, ou então com algum item que poderia ser usado no seu casamento.

Suas amigas (aquelas mesmas que não se achavam criativas, mas gostavam de ver imagens inspiradoras) ficaram muito impressionadas ao verem que a Brit estava criando coisas! Nesse momento, Brit Morin teve um insight que mudou completamente a sua vida.

“E se eu reunir a minha formação acadêmica (Comunicação), com a experiência que tive nos meus trabalhos anteriores (tecnologia, inovação e metodologia de startup), e com essa tendência do faça você mesmo?!”

Nascia aí a empresa Brit and Co, que tem a missão de facilitar a vida dessa geração de pessoas que querem ter uma vida mais criativa e feliz.

brit and co

A Brit+Co

Hoje em dia, a Brit and Co é uma mega empresa de mídia. Diariamente, centenas de novos conteúdos são postados no site de Brit Morin, que conta com mais de 10 milhões de visualizações por mês. Além de oferecer textos de qualidade para quem deseja ter uma vida mais criativa, a Brit and Co também produz uma série de vídeos DIY e cursos online. Esses cursos têm um valor bem acessível e são ideais para quem deseja aprender a tirar fotos com o celular, bordar, desenhar, fazer edição de vídeos, etc.

A última novidade da Brit and Co foi uma parceria que a empresa fez com a Target (uma mega loja de departamentos dos Estados Unidos). Para facilitar a vida de quem deseja realizar projetos DIY, mas tem preguiça de correr atrás dos materiais, a Brit+Co vende caixas prontas, com toda a matéria-prima para as atividades.

Esse projeto desenvolvido em conjunto com a Target, inclusive, rendeu uma nova rodada de investimentos para a Brit. Em maio deste ano, ela levantou um investimento de 15 milhões de dólares para levar esses kits DIY para todos os Estados Unidos. Nada mal, hein?!

A Brit Morin, fundadora do @britandco, deixou um recado para todas as seguidas da Make Mag. Olha só! 😍 #makemag // @brit 💗

Uma publicação compartilhada por Make Mag (@makemag) em

O que podemos aprender com a história da Brit Morin

Sim, a Brittany Morin teve uma oportunidade que não é acessível a maior parte das pessoas: trabalhar em empresas reconhecidas mundialmente logo após a faculdade e tirar um tempo de férias para arejar as suas ideias. Mesmo assim, podemos nos inspirar com a história dessa mega empreendedora.

Primeiramente, ela conseguiu reunir em uma única ideia diversas áreas com as quais entrou em contato (comunicação, tecnologia e trabalho manual).

Em segundo lugar, ela teve a coragem de largar um futuro brilhante (imagine como ela poderia ter uma vida confortável trabalhando no Google?!), para correr atrás do que realmente a fazia feliz.

Em terceiro lugar, ela usou esse tempo, no qual poderia ter se afundado num pote de sorvete enquanto via reality show, para aprender coisas novas, que no final das contas tornaram-se a sua profissão.

Em quarto lugar, ela teve a visão de enxergar o trabalho manual como um negócio não apenas divertido, mas também lucrativo!

E aí, curtiu a história da Brit Morin?! Então acompanhe essa empreendedora que vive em São Francisco por aqui. Instagram, Site

Comentários

Comentários